Aquisição da Nossa Caixa pelo Banco do Brasil afetará também as agências de publicidade

Foi anunciada nesta quinta-feira, 20 de novembro, a aquisição da Nossa Caixa pelo Banco do Brasil, em movimentação que rendeu R$ 5,4 bilhões ao Governo paulista. Com a negociação, finalizada dias após a fusão entre Itaú e Unibanco, a instituição financeira federal passa a ser a de maior representação em São Paulo, com 1.324 agências, a frente de Itaú/Unibanco, com 1.240; e Santander, com 1.204.

O acordo também deverá provocar, nos próximos meses, mudanças no mercado publicitário, já que os dois bancos são atendidos, atualmente, por cinco agências: Artplan e Master, para o Banco do Brasil; e Adag, Contexto e Matisse, para a Nossa Caixa.O contrato que confirma a aquisição, após aprovações regionais e nacionais, está previsto para ser assinado até março de 2009. A partir daí, as adaptações necessárias devem ser finalizadas nos 12 meses seguintes, prazo para que também seja totalmente concluído o processo de incorporação das agências da Nossa Caixa pelas da instituição federal, decretando o final da marca paulista.

Até o momento, não houve posicionamento de qualquer das instituições financeiras sobre as possíveis mudanças em seu atendimento publicitário, porém, é provável que não mais de três agências continuem, após a estruturação de uma única operação, com a conta em suas carteiras.

Fonte: Portal da Propaganda